terça-feira, 18 de agosto de 2015

Tédio

Olá blogueiras blogueiros!!

Por contratempos e voltas que a nossa vida por vezes dá, fui parar ao local onde vive o Tédio!!
Fomos por uns dias, ficámos umas semanas...

O Tédio é de facto um tipo esperto, foi viver para longe, para depois do sol posto, mais um passinho e  chegava ao país hermano, mas preferiu ficar por terras lusas, ficou raiano.
Para lá chegar é preciso tempo e paciência, porque é longe mas também porque agora se paga uma estrada que facilitava a vida a todos e que passou a ter mil e um pórticos... Talvez a ideia fosse dar nova vida às antigas estradas do mapa deste nosso país...

Quem cá chega é recebido por gente de sorriso fácil, coração aberto e disponibilidade sem fim. Adoptam-nos como se fôssemos seus e deixam-nos de coração apertado quando lhes dizemos adeus.

O tempo aqui não passa devagar, ainda agora chegámos e já estamos p'rabalar...
Aqui ainda há quatro estações no ano, e o S. Pedro esmera-se, em época de calor o termómetro chegou aos 42º :) Mas parece que em época de frio tudo se "enregela".

Para acordar, o Tédio não usa despertador, tem os muitos passarinhos que lhe cantam ao ouvido canções de acordar e depois ainda tem por companhia veados, cegonhas pretas, andorinhas (muitas!) e muita outra bicharada que na cidade só se vê nos livros...

As gentes que lá habitam gostam de se entreter, tocam adufe, fazem patchwork e pontos de linha, trabalham madeira e barro e banham-se em águas mágicas e milagreiras, cuidadoras de muitas e variadas maleitas (experiência comprovada!).
A canalha (para nós miúdos!) anda pela serra, a pé, em correria ou de bicicleta, escalam paredes feitas há milénios e depois refrescam-se em piscinas (naturais ou não), entreténs é o que não falta!
Há ainda, em noites de certas luas, bruxas, boas e más horas, lobisomens, diabos e diabretes que correm, saltam e assustam quem se lhes aparece no caminho ;)
Há festas que duram até alto na noite com foguetes e música e depois mais foguetes para acordar!
Há sempre tempo para conversar do que passou, do que passa e ainda do que há-de vir, há sempre quem tenha opinião, quem queira ajudar, quem fale da sua vida.
Fazem-se amigos.

E para além de tudo isto, o Tédio, que é guloso, veio encontrar boa comida, bem feita, com bom tempero, bem regada que acompanha com bons queijos, bom pão e grandes melancias :)
As bicas comem-se e bebem-se bebidas saídas do caldeirão, ainda a fumegar e a borbulhar...

Por tudo isto e por mais algumas coisas é que descobri que de facto o Tédio é um tipo esperto e espertos são também aqueles que não deixam de o vir visitar.

Até breve amigo Tédio!


Casa de Santa Catarina - Turismo rural, Penha Garcia
Hotel Boavista - Hotel e restaurante, Termas de Monfortinho















segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Bolo de cacau

Bom dia blogueiras e blogueiros!

Estamos de regresso, ainda a meio gás mas com muitas ideias e novidades para partilhar :)

Em tempo de férias houve oportunidade de fazer algumas experiências culinárias e de uma delas surgiu este bolinho bom, mas bom, fofo, delicioso e sem ingredientes proibidos!



Ingredientes:
4 ovos
3 colheres de sopa de fécula de batata
5 colheres de sopa de açúcar mascavado
2 colheres de sopa de côco ralado
1 colher de sopa de cacau em pó*
1 colher de chá de fermento

Preparação:
Bater as claras em castelo e reservar.
Bater as gemas com o açúcar, adicionar a fécula de batata, o côco, o cacau e o fermento e misturar bem.
Envolver as claras neste preparado, levar ao forno em forma untada e polvilhada (com fécula de batata ou com côco), a 180º cerca de 20/30min.

Depois é só servir e deliciarem-se ;)
Se preferirem podem não usar o cacau e adicionar uma colher extra de côco.


*o cacau em pó usei da Kaoka, cacau de origem biológica, podem encontrá-lo na Miosótis:














Até breve,
Vera